Home

Já foi nomeada para importantes galardões: o britânico BBC World Music Awards
e o francês Victoires de la Musique.
Lura, escolha da crítica da Billboard Magazine’s 2005, sobre ela, o crítico do “The Independent”, Michael Church escreveu: “esta é uma voz que vai encher estádios”. Uma das estrelas
mais brilhantes da moderna música de Cabo Verde, elogiada pela “Diva” Cesária Évora, Lura prepara-se para lançar um novo álbum em 2014.
Lura, que participou em “Fados” o filme do realizador Carlos Saura,
começou por se fazer notar ainda nos anos 90, no projeto Red Hot + Lisbon, quando as cores quentes da sua música puderam mostrar-se a uma audiência mais global, percurso
que a levou a tornar-se na mais internacional das cantoras cabo-verdianas.
Os elogios, entretanto, não têm parado de se amontoar. José Eduardo Agualusa apontou luz no futuro de Lura, falando do fulgor das grandes canções, e Michael Church foi um dos críticos internacionais a render-se à sua voz, apontando os estádios como a medida certa para o seu sucesso de público. Tudo isto faz de Lura a sucessora natural de Cesária Évora, referência máxima com quem Lura, aliás, partilhou palco em várias tournées.
Lura, cuja carreira se desenhou entre Lisboa e Cabo Verde projetando-se daí para o mundo, prepara-se agora para suceder a Eclipse, um dos seus mais relevantes trabalhos,
com nova coleção de canções que deverá ver a luz do dia ainda em 2014 e que promete reforçar ainda mais a sua veia de compositora.
A sua música, marcadamente inspirada na tradição cabo-verdiana, tem no entanto sabido olhar para o futuro, facto que leva Lura a ser apontada como uma das renovadoras e expoentes máximos do funaná, do batuco e da morna.
Em 2014 Lura promete trazer a sua classe, êxitos como «Nha Vida» ou «Na Ri Na» e, desvendar alguns temas a incluir no novo álbum, trazer o balanço singular de Cabo Verde e a alma
sem fim da sua voz.  Espetáculos absolutamente especiais!